Participe do Fórum!

Visite-nos também:

Últimas do Fórum...

Online

Nós temos 2 visitantes online
Prévia de 30 segundos de Storytime liberado!
Terça, 25 Outubro 2011
O site JPC.de liberou uma prévia de 30 segundos da faixa Storytime! Além dela, é possível ouvir no site previas da versão da edição para rádio e instrumental, ambas também com 30 segundos de duração. Enquanto o Imaginaerum não chega, vamos atiçando a curiosidade com essas pequenas prévias que saem na internet!

» Para ouvir a sample, clique aqui.

E ai, o que acharam?
 
Imaginaerum - Atualização de Stobe Harju
Terça, 11 Outubro 2011

Queridos amigos do Nightwish e Imaginaerum

Quatro anos se passaram desde que a primeira idéia do filme surgiu e quando eu pensei: Nightwish, Tuomas e eu somos meramente loucos sonhadores.

Como muitos de vocês sabem, nós já fizemos as tomadas principais do filme, e em apenas 18 dias. Entretanto, eu prometo a vocês, o material diz diferente. As tomadas que tiramos nesse pequeno período de tempo foram inestimáveis e não tem como dizer que fizemos as pressas.

Eu aprendi bastante desde que começamos a fazer as tomadas. Todo mundo tem que entender que a maioria dos filmes, mesmo com grandes conceitos, nunca faz elas. O time, a equipe de produção, eu e quase toda a banda batalharam e sangraram para conseguir as filmagens no caminho e realizar o trabalho. Dito isto, vocês tem que estar cientes que ainda há muitas batalhas a serem combatidas na sala de edição, nos efeitos visuais, na mixagem de som, na trilha sonora e na distribuição do filme. Nada é claro quando se trata de cinema. De toda forma, com este time: nossos produtores e os especialistas da pós-produção, é quase impossível falhar.

Agora que a fase de edição já começou e não há muito mais para contar além de que está indo muito bem, as cenas estão ótimas e eu estou com saudades de casa, estamos tentando manter vocês tão doces quanto possível. Aqui estão ALGUNS dos nomes do nosso grande elenco, que acreditou estar dentro da história e fez performances que eu nunca tive como testemunhar antes.

Francis X. McCarthy, Quinn Lord, Marianne Farley, Joanna Noyes, Ilkka Villi, Keyanna Fielding, Ron Lea, Victoria Jung, Hélène Robitaille, Stephane Demers, Anette Olzon, Marco Hietala, Tuomas Holopainen, Emppu Vuorinen e Jukka Nevalainen.

Uma batalha já foi, com um triunfo pela maior equipe e tripulação que se possa imaginar. Você pode pensar que fomos sortudos, mas a sorte nunca vem até nós sem trabalho duro, coração e fé. Eu mesmo não poderia agradecer o suficiente à fantástica equipe Montreal e vocês, os fãs do Nightwish, por acreditar nesse projeto. Continuem assim. Ainda há milhas pela frente. A jornada até o Imaginaerum continua, e por enquanto, eu gostaria de agradecer o apoio.

Stobe Harju - O Diretor, Imaginaerum (Montreal, Canadá, 9 de Outubro de 2011)

PS.: Max, me sinto vazio agora que você não está mais me levando ao estúdio. Onde estão as conversas da manhã e os fortes cigarros baratos?

Traduzido por: Fernanda Rodrigues e Bia Guilhen.

 
Imaginaerum: Pré-audição nos estúdios Finnvox
Segunda, 10 Outubro 2011
Era uma típica tarde de outono da Finlândia. Escuro, ventoso e chuvoso. Mas meu dia foi ficando melhor enquanto eu dirigia até o legendário estúdio Finnvox em Helsinki, Finlândia, para escutar o novo álbum do Nightwish, Imaginaerum. Foi um evento especial realizado para a imprensa desde que não haverá nenhuma promo disponível. E o bônus foi que o próprio maestro, Tuomas Holopainen, estava lá como anfitrião do evento. Eu estive no estúdio Finnvox tantas vezes antes e eu sabia que o lugar não era tão grande, então era uma espécie de esperança que eu tinha de que não estivesse lotado com a imprensa. Errado. Mas de certa forma, totalmente compreensível. Eu não pude pensar em um jornalista que quisesse perder isso. Foi legal ver que o Nightwish estava presente lá, não apenas Tuomas, mas o resto dos caras também. Apenas Anette estava faltando. Depois de pouco tempo, nós entramos no estúdio propriamente dito onde nós pudemos ouvir seu tão esperado álbum Imaginaerum.



Eu vou escrever sobre cada uma e todas as músicas individualmente, mas lembrem-se, isto não é uma crítica do Imaginaerum. É impossível escrever uma crítica de algo tão épico depois de ouvir apenas uma vez. Então as coisas acumuladas no meu notebook eram mais como sentimentos, que vou compartilhar com todos vocês agora. Mas posso dizer para todos vocês, fãs do Nightwish... Com o Imaginaerum, o Nightwish vai desafiar vocês de um jeito que eles nunca fizeram antes. Esse álbum não é, de longe, um álbum fácil de se introduzir com. Mas aqui está Imaginaerum, faixa por faixa.

Imagem
Finnvox é proavelmente um dos estúdios mais conhecidos da Finlândia



TAIKATALVI
Começou com um brinquedo à corda tocando uma canção de ninar. Marco cantou a introdução em finlandês, o que foi legal de ouvir. Foi como a entrada para um mundo dos sonhos, com flautas, coros e orquestras sinfônicas. Uma introdução perfeita.

STORYTIME
Nightwish liberou essa música como primeiro single do Imaginaerum. Uma música legal de mid-tempo que, na verdade, me fez lembrar uma outra música do Nightwish, só não consegui distinguir qual. Riffs de guitarra muito fortes. Conteve uma parte sinfônica forte no meio. Talvez a música em si tenha se esticado um pouco do final, mas definitivamente dá para entender por que Storytime foi escolhida como single.

GHOST RIVER
Outra música mid-tempo. Marco cantando no início foi como um toque de loucura e raiva. Depois disso, foi mais como um diálogo cantado com Marco e Anette. Parte sinfônica muito forte no meio, com um coro de crianças. Soou fantástico.

SLOW, LOVE, SLOW
Isso foi um prazer... Não foi como nada que eu já tivesse ouvido do Nightwish antes. Começou com um piano e enquanto eu estava esperando a música entrar pesadamente... Bem... Não aconteceu. Ao invés disso, mudou completamente. O melhor jeito que posso usar para descrever essa música é como indo para um daqueles bares nos anos 60, cheio de fumaça e no palco uma mulher iluminada por um holofote, cantando. Quando você ouvir essa música, você vai entender o que quero dizer. Na verdade, eu falei com Jukka sobre essa faixa em particular e ele disse que foi uma das coisas que eles tentaram capturar na música... Bem, eles conseguiram.  E então, tem uma parte de guitarra, como um solo, mas isso foi muito engraçado. Alguns jornalistas começaram a rir e até Emppu estava rindo. Essa música incrível acabou com um longo tique-taque. Devo dizer, não é algo que eu espere ouvir do Nightwish, mas eu amo o fato de que eles estão experimentando.

I WANT MY TEARS BACK
Essa música começou com riffs de guitarra. Não importa se o som do Emppu é sempre o mesmo e os riffs são parecidos, mas eu amo como soa. No início dessa faixa, imaginei que poderia muito bem ser uma boa candidata para ser o segundo single, mas uma parte do meio mudou isso completamente. Senti uma coisa de meia-idade... Difícil de descvever. Bem, estou escrevendo a maioria dos meus sentimentos sobre as músicas porque agora, quando escrevo, eu quase não me lembro como as músicas realmente são. De novo, para mim, isso é uma coisa boa.O som da Anette está um pouco escasso nessa música por alguma razão.

SCARETALE
Começa com uma atmosfera de pesadelo pressionando, bem, é chamada “Scaretale” Amei como a bateria dupla começou depois do início, e isso deu um efeito Groovy na música. Em algum ponto, a voz da Anette mudou para um tom levemente agressivo, que nos meus livros não é algo ruim! O meio desta música contém um discurso que, acreditem ou não, mudou para algo que remotamente se assemelhou a Finntroll nos seus anos iniciais  Essa música foi uma combinação de muitas partes diferentes.

ARABESQUE
Música instrumental. Realmente não entrei nessa.

TURN LOOSE THE MERMAIDS
Começa acusticamente com Anette cantando e flautas de pã ao fundo. Essa música teve uma completa, linda e balanceada atmosfera e enquanto eu fechei meus olhos, quase dormi... Alguns devem achar que é um sinal de tédio, mas para mim é um sinal de relaxamento. E não é fácil fazer isto numa sala cheia de jornalistas lol. Amei esta faixa.

REST CALM
Essa começou com uma guitarra fragmentada legal. Marco começou a cantar e Anette se juntou a ele. No meio, mudou quase completamente para algo acústico enquanto Anette cantava com um coral de crianças.

THE CROW, THE OWL AND THE DOVE
Começou acusticamente e a música transpareceu um sentimento tranquilo. Havia alguém na metade, que acho que era um convidado especial, porque não soava como Marco.

LAST RIDE OF THE DAY
Agora esse é o Nightwish! Do começo até o fim. Muitos coros, fortes riffs, refrão melódico, dupla baixo-bateria. Definitivamente um material único.

SONG OF MYSELF
Música 1: From A Dusty Bookshelf
Música 2: All That Great Heart Lying Still
Música 3: Piano Black
Música 4: Love

Isto é épico… ÉPICO. Mas também uma música que vocês precisam ouvir de novo e de novo e eu tenho certeza de que vão descobrir algo novo a cada vez que ouvir. É apenas uma combinação de muitas coisas... Esmagador, mesmo. Às vezes muito melódico e aí muda para um fim total da atmosfera do mundo. Só um maestro é capaz de fazer tais composições. Como eu já disse... Vocês precisam ouvir muitas vezes para entrar na música.

IMAGINAERUM
Outro, sinfônico, uau… Foi engraçado porque quando a música acabou... A sala estava totalmente quieta. Você não podia nem ouvir uma simples respiração... Até que Marco quebrou o silêncio dizendo “É, foi isso”.

Imagem
Jukka depois da sessão de audição


As pessoas saíram da sala em silêncio... Sentimento surreal. Eu não acho que o silêncio foi causado por desapontamento, acho que foi mais “O que acabou de acontecer?”. Pelo menos, foi como soou para mim. Mais de 70 minutos e passou muito rápido. Agora não estou dizendo que esse é o melhor álbum do Nightwish, de novo, ninguém poderia dizer tal coisa baseando-se em ter escutado apenas uma vez. Você pode fazer isso com muitas bandas, mas não Nightwish. Há simplesmente muito conteúdo nesses 70 minutos para definir uma opinião... Só dá para descrever sentimentos.

Como vocês devem, ou não, saber, eles também vão fazer um filme do Imaginaerum, que vai ser escrito e dirigido por Stobe Harju, baseado numa história por Tuomas Holopainen. Isso foi algo que eu, na verdade, manti na minha mente enquanto ouvia o álbum. Então o que eu fiz durante cada música, foi fechar meus olhos e deixar minha imaginação voar. Eu não podia acreditar que comecei a ver imagens saindo do nada. Isso foi surreal... apenas ouvindo a música e as letras, elas se transformaram em imagens. Agora vamos ver como os fãs vão reagir quando o álbum for lançado. Eu amei.


Fonte: Metal From Finland Blog
Traduzido por: Bianca Guilhen e Fernanda Rodrigues

 
Update do Marco sobre o filme!
Sábado, 24 Setembro 2011
update-marco
Muito boa noite de Montreal - Canadá!

Como uma banda nós tivemos alguns dias extremamente longos e suados aqui. Acordar cedo e dormir tarde tem definido nossas vidas até agora. Estou feliz em dizer que todas as cenas da banda estão no embalo.

Isso também tem sido divertido, luminoso e uma das experiências mais interessantes. Pelo menos para mim, pessoalmente, mas eu acho que o restante de nós sente praticamente a mesma coisa.

Vamos continuar aqui por alguns dias, para tirar fotos para o álbum e a mídia. Depois disso, os longos vôos para casa nos aguardam.

Nós temos que agradecer bastante a absolutamente ótima, amigável e profissional equipe, aos atores, extras e todos aqui! Eles nos ajudaram nesses novos e estranhos dias com muitas risadas e conselhos. Vejo vocês na premiere, fila ou onde quer que tenhamos chance.

Obrigado!

Marco

 » Fotos
 
Fonte: Nightwish.com
Traduzido por Bia Guilhen

 
Novas críticas do Imaginaerum adicionadas ao arquivo!
Domingo, 18 Setembro 2011
imaginaerum_criticas
Enquando o lançamento tão esperado do Imaginaerum não chega, você pode ter uma breve prévia desse novo mundo que está para abrir suas portas a todos nós: duas novas críticas traduzidas ábum foram adicionadas ao nosso arquivo, não deixem de conferir!

 » Site Terrorizer (escrita por Tom);
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 5 de 36